A Avaliação de Desempenho é uma ferramenta de gestão de pessoas que analisa o desempenho individual do funcionário, para que a empresa tenha acesso aos dados do comportamento e produtividade do colaborador, de forma a identificar perfis comportamentais interessantes e auxiliar no desenvolvimento de habilidades ainda em construção.

É, em resumo, uma forma de mensurar o potencial de trabalho da equipe da empresa. Por isso, é uma ferramenta fundamental para que o RH conheça melhor cada colaborador e saiba seus pontos fortes e a melhorar.

Para saber mais sobre a importância e como fazer uma boa Avaliação de Desempenho, basta continuar a leitura!

Qual a importância da Avaliação de Desempenho?

O principal resultado colhido com base na Avaliação de Desempenho é, justamente, o desempenho do colaborador frente às atividades designadas a ele na empresa.

Pode-se analisar o seu desenvolvimento perante as atividades desempenhadas, aos colegas de trabalho, à política da empresa, seu comprometimento, limitações, progressos, potenciais, perfil de liderança, entre outros fatores relevantes.

O processo da avaliação não visa punir ou demitir o colaborador, e sim orientá-lo nos pontos que precisa melhorar e manter aquilo que for positivo.

Dicas de como fazer a Avaliação

Assim como acontece na Pesquisa de Clima Organizacional, a qual também fornece insumos importantes para a gestão estratégica de RH, é necessário ter em mente que ela é crucial para a identificação do que está dando certo e também do que se encontra em situação crítica.

Por isso, o pré requisito para fazer uma boa Avaliação de Desempenho é fazê-la com planejamento e cuidado! Pense no perfil comportamental dos seus colaboradores, no momento em que a empresa se encontra e os principais tópicos a serem diagnosticados em relação ao desempenho dos colaboradores.

Assim, você estará pronto para, de fato, começar a elaborar a Avaliação de Desempenho. Confira algumas dicas úteis para esse processo:

  • Primeiramente, defina a metodologia! Em seguida, escolha as competências mais determinantes para a empresa, isso fará a avaliação ser mais precisa;
  • Faça uma avaliação mensal, isso dará suporte para uma análise da evolução dos colaboradores e da empresa;
  • Explore os resultados da pesquisa (sendo positivos ou negativos), como por exemplo, com treinamentos comportamentais. Isso ajudará na correção de erros e na consolidação de pontos positivos para a empresa;
  • Explore as perspectivas dos seus colaboradores nas carreiras almejadas dentro da empresa. Isso é uma forma de alinhar metas de ambas as partes, contribuindo até para uma possível promoção;
  • Dê um feedback preciso e baseado no comportamento observado na avaliação. Isso irá confiança no colaborador;
  • Identifique e solucione os problemas identificados na avaliação. Isso poderá trazer resultados motivacionais relevantes;
  • Defina um período para aplicar a avaliação de desempenho. Isso faz com que os colaboradores se adaptem melhor à rotina da pesquisa e tenham menos incômodo.

Quais os principais indicadores de desempenho?

Os indicadores de desempenho são os parâmetros passíveis de análise através das avaliações de desempenho. Ao todo, são quatro categorias:

1.   Indicador de produtividade: Diz respeito à eficiência do colaborador nas suas atividades (suas horas trabalhadas e seus resultados entregues). É um indicador que ajuda na otimização dos resultados da empresa.

2.   Indicador de qualidade: Está diretamente relacionado ao indicador de produtividade, uma vez que a qualidade do resultado deve andar lado a lado com a produtividade. Ou seja, não basta produzir algo sem qualidade – é necessário alinhar as duas características!

3.   Indicador de capacidade: É a mensuração do tempo necessário para o colaborador entregar o seu resultado, ou seja, sua capacidade de resposta dentro da empresa.

4.   Indicador estratégico: São os resultados que auxiliam a empresa no cumprimento de metas e objetivos. Mensuram o funcionamento da empresa como um todo, especificando a forma atual de trabalho em detrimento a forma adequada de trabalho.

Quais os tipos de Avaliação de Desempenho?

•    Avaliação de desempenho 180º

É uma avaliação realizada pelo superior imediato com o seu avaliado. Baseia-se na percepção do avaliador e não possui feedback para o avaliado. É uma avaliação limitada.

•    Avaliação de desempenho 360º

É uma avaliação feita tanto por gestores, como por colegas de trabalho, subordinados, fornecedores e clientes, ou seja, qualquer pessoa que tenha algum tipo de interação profissional com o colaborador.

•    Avaliação de desempenho por competências

        É fundamentado a partir das competências preestabelecidas. Geralmente são usadas competências comportamentais (comprometimento, proatividade, trabalho em equipe) ou técnicas (conhecimento específico de equipamento, máquina, etc) identificadas como necessárias para o desenvolvimento das atividades na empresa.

  • Autoavaliação

É uma avaliação baseada na honestidade e percepção de cada pessoa sobre si mesma. É uma autoavaliação que contempla metas a curto, médio e longo prazo.

É válido reforçar que um método não exclui a aplicação de outro. Eles podem ser complementares! Para identificar a necessidade de um ou outro, é importante conhecer bem o contexto da empresa e o perfil dos colaboradores.

Você já realizou alguma Avaliação de Desempenho na sua empresa? Como foi a experiência? Deixe nos comentários!