As discussões sobre gestão de pessoas têm ganhado cada vez mais espaço nos ambientes corporativos. Percebendo que as empresas são, de fato, feitas pelos colaboradores, o mercado de inovação tem aproveitado a oportunidade para melhorar a gestão: é o caso do People Analytics.

O uso estratégico do People Analytics pode contribuir muito para diversas melhorias dentro da sua empresa. Conheça essa interessante metodologia neste post!

Afinal, o que é People Analytics?

Ao contrário do que muitos pensam, o People Analytics não é um programa, aplicativo ou software, e sim uma nova metodologia para gerir pessoas.

O conceito se refere à aplicação de técnicas de Big Data e Business Intelligence à gestão de pessoas. É feita a coleta, a organização e a análise de dados relevantes sobre todos os colaboradores, a fim de que a equipe de Recursos Humanos possa traçar estratégias efetivas.

People Analytics é, em resumo, um grupo de técnicas que recolhem informação de colaboradores para otimizar os processos da empresa, pois a análise dos dados coletados recolhidos oferecem esclarecimentos estratégicos.

Através dele, passa a ser possível compreender os comportamentos no ambiente de trabalho e o que motiva os colaboradores a serem mais criativos, produtivos, comunicativos e eficientes.

Com isso, você consegue prever situações desagradáveis e já pensar em alternativas para evitá-las. Agindo de forma preventiva, através do People Analytics, você consegue solucionar problemas relacionados à baixa produtividade, dificuldade para reter talentos, baixo engajamento dos profissionais, fraudes etc.

Por que devo utilizar em minha empresa?

A utilização como uma ferramenta estratégica da equipe de Recursos Humanos pode ser bastante relevante, no plano geral e metas da empresa.

Partindo da descoberta de que os colaboradores são o recurso mais importante de uma empresa e que é necessário mensurar dados para entender o que os torna engajados e produtivos, a Felizz separou três importantes razões para que você utilize People Analytics na sua empresa:

#1: Melhoria do engajamento e produtividade

O engajamento em relação à empresa e a produtividade dependem de diversos fatores, tais como a satisfação com o ambiente de trabalho, fatores pessoais, tipo de trabalho executado, tempo de descanso, entre outros.

Com o People Analytics a empresa consegue, de fato, medir os aspectos capazes de influenciar o rendimento de um colaborador de forma objetiva. Apenas munido dessas informações, é possível traçar estratégias para melhoria contínua, aumentando o desempenho da equipe.

Não tem escapatória: as empresas precisam de dados para descobrir o que faz as pessoas trabalharem melhor, se sentirem mais confortáveis no trabalho e também se tornarem “embaixadores da marca”. O People Analytics, sendo bem feito, pode fornecer todas essas respostas.

#2: Simplificação de vários processos

A gestão de pessoas ainda é feita, em muitos casos, de forma ultrapassada. São documentos e reuniões que, via de regra, requerem um tempo razoável de dedicação para que sejam analisados.

Com a estratégia do People Analytics, além de informações individuais relevantes sobre cada colaborador, você também tem acesso a dados a nível de grupo, permitindo que você consiga alocar melhor os funcionários em cada setor ou projeto, e também avaliar mais facilmente o desempenho individual e das equipes.

#3: Melhoria da tomada de decisão

Tomar decisões relacionadas à gestão de pessoas é sempre complicado. Existem diversos aspectos envolvidos e, em muitos casos, a subjetividade fala muito alto. Para evitar esses problemas e emitir pareceres pautados em dados, é recomendado o uso do People Analytics.

O método de avaliar informações e dados sobre os funcionários é extremamente relevante quando se fala sobre a retenção de talentos.

Além disso, há melhoria clara na execução de processos seletivos, e, como a seleção é feita de modo adequado, existem menos chances de que o candidato errado seja escolhido. Por fim, também auxilia a compreender os momentos em que é necessário fazer desligamentos e a se planejar melhor para fazê-los corretamente.

É importante reforçar que, não basta ter os dados em mãos: é preciso saber analisá-los com qualidade. Invista em People Analytics e conheça a mais nova inovação em gestão de pessoas!

Você já usa People Analytics em sua empresa? Quais são suas maiores dificuldades? Conte pra gente nos comentários!